25.3.12

FEIRA DOS PRODUTOS DA TERRA: 31/03/12 - OURÉM: PARTICIPEM!!!


Estarei como oradora na feira de produtos da Terra dia 31/03 em Ourém. Por volta das 17:30 haverá uma deliciosa conversa sobre A Importância dos Produtos da Terra na Saúde do consumidor. ENTRADA LIVRE. PARTICIPEM!!!



ERVA DO TRIGO, RELVA DO TRIGO OU WHEAT GRASS E SEUS BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE. VEJA COMO PLANTAR E CONSUMIR.



A erva do trigo (Triticum aestivum), em inglês também definido como Wheat grass, Agropyron ou Couchgrass é o preparado das folhas jovens da germinação das sementes do trigo. Erva de trigo é uma fonte natural de vitaminas e minerais. Alguns componentes podem ter efeito antioxidante.
Há muitos indícios de que a clorofila é auxiliadora da promoção de hemoglobinas e de que o aumento no nível do oxigénio sanguíneo, promovido pela clorofila, seja um factor benéfico a desintoxicação e eliminação de agentes patogénicos. Há naturistas que chamam a clorofila de “sangue da vida no planeta”.
Constituintes da erva do trigo: clorofila, aminoácidos, vitaminas: A, C, E, K e Complexo B, e minerais: ferro, cálcio, magnésio e selénio.
Uma vez que as folhas são demasiado fibrosas e de difícil digestão, o sumo a partir das folhas é extraído e consumido cru. Os alimentos crus facilitam a formação de enzimas responsáveis por desintoxicar o corpo, um processo fundamental para a promoção da boa saúde. Ao cozer um alimento, as enzimas são eliminadas por serem sensíveis às altas temperaturas.
O sumo de erva de trigo é reivindicado a ter vários benefícios: auxilia no combate a constipações, tosse, condições de dor reumática, síndroma de fadiga crónica, úlceras, colites, problemas de pele… Pode-se ainda estar associado a:
1.    Alta capacidade de neutralizar toxinas e radicais livres (agentes promotores do cancro e envelhecimento);
2.    Auxilia na redução da pressão arterial elevada;
3.    Prevenção da cárie dentária;
4.    Eleva o sistema imunitário (muito benéfico inclusive em tratamentos de cancro e da SIDA);
5.    Melhorar a digestão e facilita o trânsito intestinal saudável;
6.    Promove renovação da flora intestinal;
7.    Retarda o envelhecimento;

Pequenos estudos de sumo de erva de trigo indicam que ele pode ajudar a reduzir os sintomas de colite ulcerativa distal (1), reduzir a necessidade de transfusão em pacientes com talassemia (6), e pode diminuir mielotoxicidade em pacientes submetidos a quimioterapia do cancro da mama (7).
Veja no fim do texto alguns destes estudos a confirmar os benefícios do consumo da erva de trigo.
        Recomendo uma dose diária de grama de trigo em jejum para ter muito mais saúde. Crianças necessitam de meia dose, pois é um alimento muito energético.
VAMOS SABER MAIS? COMO FAZER?
1º PASSO: GERMINAR A SEMENTE:
Para plantar numa área de cerca de 50 cm, sugiro cerca de 150 gramas de sementes de trigo. Acredito que o resultado será ainda maior se usar sementes de trigo biológicas e integrais, ou o Kamut, o trigo egípcio que é maior (renderá mais erva).
Deixe as sementes de molho na água por 8 horas da noite para o dia, dentro de um frasco de vidro. Sugiro no lugar da tampa, cobrir a boca do frasco com um tule, organza ou tela presa com elástico, que permita a passagem do ar. 
Pela manhã, escorra a água, lave bem as sementes com água corrente e deixe o frasco de lado com a boca virada para baixo para que o excesso de água possa escorrer (boa ideia utilizar o escorredouro de loiça).
Repita a lavagem das sementes de manhã e à noite por 2 a 3 dias até que a semente comece a germinar ou seja, brotar (solta uma pequena raiz). Este é o sinal de que ela está pronta para se plantar. Lembre-se de sempre que lavar deixar a escorrer o excesso de água.

2º PASSO: PLANTAR A SEMENTE:
Pode-se plantá-la em qualquer lugar: numa floreira, num tabuleiro, caixas forradas com película aderente e papel laminado, embalagens plásticas, etc. 
Coloque cerca de 1,5 cm de terra no tabuleiro, deite as sementes já germinadas directamente na terra e espalhe bem. Cubra as sementes novamente com mais 1,5 cm de terra. Aperte ligeiramente a terra para aderir as sementes. Borrife bem com água diariamente e deixe coberto com jornal ou pano por 2 dias (com o jornal por cima) em um local com pouca luz directa.
Observe se elas já começaram a crescer. Deve aparecer um ramo bege (cor de trigo seco). Pode retirar o jornal. Procure manter a terra húmida, mas não excessivamente. Sugiro usar borrifadores de água, ao invés de regar directamente.
Depois de cerca de 10 a 15 dias a grama já deve estar verde. Quando atingir cerca de 10 a 15 cm já pode começar a fazer a colheita para uso.
Atenção a grama depois de cortada nem sempre volta a crescer. O ideal é quando começar a colher já iniciar novo processo de plantio (fazer de 2 a 3 tabuleiros) para ter sempre a erva de trigo fresca para uso diário.
Esta terra é excelente para fazer compostagem depois do trigo colhido, para tal deve cortar bem as raízes para reaproveitá-la.

3º PASSO: FAZER USO DA GRAMA
        Corte um maço com cerca de 3 cm por 3 cm de circunferência da erva. Bata no liquidificador puro ou com uma fruta doce (maçã, pêra ou sumo de 1 laranja) e coe. Ideal tomar em jejum.

SUGESTÃO DE SUMO ENRIQUECIDO DE CLOROFILA (TOMAR EM JEJUM):
1 rama de grama de trigo (3 x 3 cm circunferência);
1 maçã;
1 folha de couve;
1/2 pepino;
                                    1/2 cenoura ou beterraba;
                          1/2 chávena de sementes de girassol ou linhaça demolhadas ou germinadas por no mínimo 4 a 6 horas (deixá-las previamente da noite para o dia).
Bater tudo no liquidificador e coar com a ajuda de um pano, organza ou coador.



Estudos literários e críticas:

Scand J Gastroenterol 2002; 37 (4) :444-449.

         Neste estudo, 21 pacientes com colite ulcerativa activa distal foram randomizados para receber 100 ml de sumo de erva de trigo, ou placebo diariamente durante um mês. Sangramento rectal, o número de movimentos intestinais, uma avaliação no sigmoidoscópico e observação médica, foram avaliados para determinar a eficácia do tratamento. Os pesquisadores descobriram que pacientes que receberam o sumo da erva de trigo apresentaram uma redução significativa do índice de actividade geral da doença e sangramento rectal em comparação com aqueles que receberam placebo. Eles concluíram que o sumo de erva de trigo pode ser um tratamento eficaz para a colite ulcerativa distal. No entanto, devido ao pequeno tamanho da amostra do estudo, sugerem futuros estudos.

Câncer Nutr. 2007; 58 (1) :43-8.

        Sessenta pacientes com carcinoma de mama submetidos a quimioterapia foram designados para receber 60 ml de sumo de erva trigo por via oral diariamente durante os primeiros três ciclos de quimioterapia, enquanto os do grupo controle recebeu apenas o tratamento regular de apoio. A taxa de resposta à quimioterapia foi calculada em pacientes com doença avaliáveis. Investigadores relatam uma redução na mielotoxicidade, a redução da dose e da necessidade de colónias de granulócitos-estimulantes factores (GCSF) de apoio no grupo de tratamento. A eficácia da quimioterapia permaneceu inalterada.
No entanto, doentes atribuídos ao grupo de tratamento eram mais velhos e tinha pobres perfis hemotologicos em comparação com os do grupo de controlo. Além disso, 20% dos pacientes (6 de 30 no grupo de tratamento) não completaram o estudo devido a agravamento das náuseas causadas pela quimoterapia.
Sugere-se a necessidade de mais estudos para avaliar esses resultados.
Referências bibliográficas:
1.    Ben-Arye E, et al. Wheat grass juice in the treatment of active distal ulcerative colitis. Scand J Gastroenterol 2002;37(4):444-49.
2.    Jarvis WT. Wheat grass therapy. Available at http://www.ncahf.org/articles/s-z/wheat grass.html. Accessed March 21, 2011.
3.    Information on Wheat grass. Available at http://www.living-foods.com/articles/wheatgrassinfo.html. Accessed March 21, 2011.
4.    MICROMEDEX(R) Healthcare Series. 120. 2004. Thomson MICROMEDEX.
5.    Duke, JA. The Green Pharmacy. New York (NY):ST. Martin’s Press; 1997.
6.    Marawaha RK, Bansal D, Kaur S, Trehan A. Wheat grass juice reduces transfusion requirement in patients with thalassemia major: a pilot study. Indian Pediatr. 2004 Jul;41(7):716-20.
7.    Bar-Sela G, Tsalic M, Fried G, Goldberg H. Wheat grass juice may improve hematological toxicity related to chemotherapy in breast cancer patients: a pilot study. Nutr Cancer. 2007;58(1):43-8.